PLANO ENERGÉTICO DE SINTRA

Porquê um plano energético municipal

Porque um município é:

Um grande Consumidor de Energia;
Um agente que pode agir no mercado da oferta e procura de energia;
Um agente de referência junto dos Consumidores de Energia.
Objectivo
Saber: ONDE, COMO, PORQUÊ e QUANDO a ENERGIA é utilizada em SINTRA.
Fornecer ao Município de Sintra os elementos e os instrumentos necessários à tomada de decisão para uma política energética municipal integrada.
Definir acções para que Sintra seja um Município Sustentável na energia que consome.

Com:

Etapas para a Implementação do Plano Energético

Análise da situação actual (ano de refª.: 2001);
Evolução da procura e oferta de energia (1991-2001)
Análise das oportunidades de economia de energia;
Avaliação do potencial de energias renováveis (ER);
Análise de integração das ER e medidas de URE;
Avaliação da procura e oferta de energia a partir de cenários macro-económicos e do PDM (até 2021);
Programas de acção e recomendações;
Observatório dos indicadores energéticos.

Análise da situação actual (ano Refª: 2001)
Arqueologia das energias renováveis (azenhas, moinhos, aerobombas, etc.);
Avaliação das condições de oferta e procura de energia por tipo, por sector de actividade e por utilização;
Determinação de indicadores de eficiência energética.

Evolução da procura e oferta de energia (1991 – 2001)
Organização, síntese e análise da informação existente;
Balanço energético.

Análise das oportunidades de economia de energia
Nos sectores:

renewable-energy-02
Residencial;
Terciário residencial (Hotéis, Colégios internos, etc.);
Terciário serviços;
Industrial;

Avaliação do potencial de energias renováveis
Avaliação de biomassa sólida (lenhas e resíduos vegetais lenhosos);
Avaliação de biomassa líquida (Biodiesel de óleo alimentar usado);
Avaliação de biomassa gasosa (biogás de ETAR e RSU);
Avaliação de potenciais micro-hídricas;
Avaliação de potenciais centrais eólicas;
Avaliação do potencial de energia solar em edifícios.

Análise de oportunidades de URE* e da integração das ER**
Estudos de Casos:
Identificação de medidas de URE utilizações de Energias Renováveis e medidas de.
Análise técnica e económica

*Utilização Racional de Energia;
**Energias Renováveis.

Avaliação da procura e oferta de energia até 2021
Configurações do sistema energético para cada cenário macroeconómico e de desenvolvimento definido no PDM;
Impacto económico e ambiental das configurações.

Programas de acção e recomendações
Propostas de medidas e regulamentos para a Utilização Eficiente da Energia;
Propostas de medidas e regulamentos para a Utilização de Energias Renováveis;
Análise das implicações:
Técnicas
Económicas
Sociais
Ambientais

Observatório dos indicadores energéticos
Avaliação das Acções no Terreno

Acompanhamento por:
Técnicos da CM Sintra
Vereador da CM Sintra

Deixar uma resposta