A Agência

A Agência Municipal de Energia de Sintra (AMES) é uma Associação sem fins lucrativos, criada com o apoio da União Europeia e da Câmara Municipal de Sintra em 1997. O seu objecto social é o de fornecer um serviço público à população, agentes económicos e instituições do concelho de Sintra e , especialmente, dar apoio à Câmara Municipal de Sintra na definição de uma política energética para o concelho. Reconhecendo que os meios urbanos são centros de grande intensidade energética, o objectivo da sua criação e o seu apoio financeiro pela Comissão Europeia e autarquia local foi a de possibilitar a existência de um instrumento para a gestão da energia que integrasse as restantes componentes da política local de forma a contribuir para a prossecução dos objectivos globais do ambiente .
OBJECTIVOS DA AMES
Conjugar e coordenar com as unidades orgânicas e as empresas municipais, políticas de utilização racional de energia e de utilização de energias renováveis;

Promover relações de cooperação com outras entidades públicas e privadas, visando o desenvolvimento técnico e económico do sector energético, com a máxima rentabilização dos recursos energéticos endógenos.

FINALIDADE DA AMES
Contribuir para a utilização racional de energia, a conservação de energia, a gestão ambiental e o melhor aproveitamento dos recurso energéticos nos sistemas de produção, transporte, distribuição e consumos.

turbines
PAPEL DA AMES
Auscultar necessidades locais e regionais, privilegiando o contacto directo e a animação de projectos energéticos;

Elaborar estudos de viabilidade técnica económica;

Apoiar e elaborar projectos de candidatura no âmbito do POE/MAPE;

Organizar e difundir informação de interesse para as populações no domínio da sua actividade;

Participar na formalização da política de transportes e a regulamentação da construção e remodelação de edifícios na perspectiva do comportamento térmico acústico;

Promover a gestão e valorização de resíduos, apoiando as medidas eficientes de reciclagem e reutilização;Divulgar informação sobre legislação, regulamentos e normas, aproveitamento de recursos naturais projectos de sucesso já implementados.


ENQUADRAMENTO DA C. M. DE SINTRA

A diversificação de fontes de energia primária;
Substituição dos combustíveis fósseis;
A redução da dependência energética do país;
A minimizarão dos efeitos nocivos no ambiente;
A fixação das populações;
Desenvolvimento regional e local;
A criação de emprego;
A Redução do risco de incêndios florestais.

Deixar uma resposta